PAT - Posto de atendimento aos trabalhadores

A nova sede do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), se mudou para o andar de cima do prestigiado edifício da Telefônica, na Abernéssia. Bem mais confortável o espaço agora dispõe de mais salas: uma de espera (18 cadeiras), outra para entrevistas (dez cadeiras), além de balcões de atendimento. De enorme importância na vida de quem procura emprego, o PAT – reestruturado – passa a ter um papel importante também para o empregador, que poderá dispor de um cadastro dos profissionais de Campos do Jordão. Tenho certeza que com essa mudança o trabalhador será tratado com muito mais dignidade. Contando com um banco de informações dinâmico e eficiente, o PAT é um confiável canal de consultas que faz uma triagem, avalia e coloca frente a frente patrões e trabalhadores. ao contrário das páginas no Facebook e outros canais que costumam apenas anunciar empregos. De minha parte, vendo o futuro promissor dessa iniciativa, me empenhei para que o órgão realmente ocupasse a parte de cima do prédio da Telefônica, um dos locais mais nobres de Campos do Jordão. Ocorre que em junho fui contatado pelo diretor regional do PAT, Marco Pazzini. Ele precisava de ajuda em algumas adaptações no prédio que viabilizassem a mudança do PAT para esse local. Fui, então, atrás do prefeito Fred e Marcelo Padovan e conseguimos demolir alguns obstáculos que tiravam espaço do ambiente. Haviam outros órgãos interessados no local, mas forcei e, felizmente, o trabalhador saiu ganhando. Como recompensa uma declaração do próprio Marco Pazzini: “Se não fosse pelo Ricardo, a mudança do PAT não teria acontecido”.